Arquivo de Tag | O Diário de Anne Frank

Apenas um Trecho #16

“Hoje de manhã, quando estava sentada diante da janela e olhando longa e profundamente para Deus e para a natureza, fiquei feliz, simplesmente feliz.

Enquanto as pessoas sentirem esse tipo de felicidade interior, a alegria da natureza, a saúde e muito mais, sempre poderão recapturar essa felicidade.

Riqueza, prestígio, tudo pode ser perdido. A felicidade em seu coração pode ser diminuído; mas estará sempre lá, enquanto você viver; para torná-lo feliz de novo.

Sempre que estiver sozinho ou triste, tente ir para o sótão num dia lindo e olhar para fora. Não para as casas e os telhados, mas para o céu. Enquanto puder olhar sem medo para o céu, saberá que é puro por dentro, e encontrará a felicidade outra vez”.

O Diário de Anne Frank
Otto Frank e Mirjam Pressler

Anúncios

Tag: Ler é um Presente

Olá, Pessoal!

A Val do blog Uma Pedra no Caminho, em comemoração ao post nº 100 (Parabéns!!!), criou uma tag super bacana e ainda nos convidou a participar. Uma fofa, né?

E como estamos um pouco desanimadas paradas por aqui, a Tag “Ler é um presente” foi um ótimo incentivo. Obrigada, Val!!!

Espero que todos gostem assim como gostamos de responder 🙂

big-sale-background_23-2147511369

Regrinhas: Só responder aos tópicos e criar um link para o blog 1 Pedra no Caminho. E claro, convidar outras pessoas do bem para responder hehe. O banner acima foi criado para facilitar e fica à vontade para usar! 

Vamos às minhas respostas:

1. “É só uma lembrancinha”
Um livro curto ou com menos de 100 páginas que tenha te encantado.

Asas Partidas, de Kahlil Gibran. É um livro bem curtinho, mas cheio de beleza. É um tipo de livro que é bom recorrer quando as cores da vida estão meio cinzas.

“O amor é a única liberdade do mundo, pois eleva o espírito de tal maneira que as leis da humanidade e os fenômenos da natureza não podem mudar seu curso”.

img_20170128_172225341

Participação especial de Maya, a intrometida rsrs

2.”Não precisava!”
Um livro que você amou ganhar de presente ou qual tipo de livro você mais gosta de ganhar.

Tenho amigos que me dão livros de autores que sabem que gosto. E tem aqueles mais ousados, que gostam de arriscar rsrs. Olam: Crônicas de Luz e Sombras, de L.L. Wurlitzer foi um livro que ganhei dos amigos Ana e Rapha (amigos que fiz enquanto esperava numa fila). Um livro que nunca tinha ouvido falar, de um autor idem! É um livro de fantasia e como eu adoro este mundo, amei ganhá-lo de presente. A história é muito bem feita, com personagens adoráveis (e alguns odiáveis), mistérios, aventuras… Quero muito relê-lo, para dar sequencia na história (é uma trilogia).

3. A embalagem perfeita
Uma capa sensacional.

Acho que uma das capas mais delicadas e lindas por aqui é do livro O Sol é para Todos, de Harper Lee ❤

img_20170128_180718763

4. Presente dos deuses
Um livro que mudou sua vida.

Quando eu tinha 13 anos, minha mãe me deu minha primeira Bíblia. É um livro que continua me mudando, e sei que enquanto o ler (e seguir) vai me mudar 🙂

5. Surpresa!
Um livro que você começou a ler sem muitas expectativas e te conquistou.

História do Rei Transparente, de Rosa Montero. Minha amiga Cinthia adora esse livro, e acabou comprando um a mais para dar de presente para alguém. Ai, nos conhecemos, fomos construindo uma amizade, e pela minha paixão pelos livros, ela decidiu que o presente que estava há alguns anos guardado seria para mim. E ela acertou muito! Eu adorei esse livro e quero logo relê-lo para contar sobre ele aqui no Blog.

6. “É a sua cara!
Uma narrativa ou personagem com os quais você se identifique.

Difícil essa, né?! Quando eu tinha 14 anos, li pela primeira “O Diário de uma jovem“, de Anne Frank. Acho que por ela gostar de escrever, pelo difícil relacionamento com a mãe, por se sentir sozinha, foi inevitável não me identificar com ela. Fui uma adolescente bem parecida. Até hoje trago alguns destes traços, ficar no meu mundo, compartilhando minhas angustias em cartas que ninguém vai ler (o que não foi o caso de Anne).

7. Presente de grego
Um livro que não era nada do que você pensava e te decepcionou.

O livro Uma Carta de Amor, de Jojo Moyes, foi uma decepção. Como estava in love por “Como eu era antes de você”, fui com muita sede ao pote, mas nada encontrei. Um livro previsível, cheio de clichês, chato! Me decepcionou mesmo.

8. “Mais afortunado é dar do que receber…”
Um livro especial que você deu de presente ou daria.

Se eu gosto muito de um filme ou série, insisto muito até todos terem assistido. Sei que isso faz com que eu seja chatinha, mas é com boa intenção. E com livro também é assim. Acabo presenteando as pessoas com aqueles que tanto gostei. Seis horas de uma sexta-feira, de Max Lucado, é um desses livros, que até parece que comprei um lote só para presentear rsrs

9. “Pode trocar, se precisar!”
Um livro que você começou a ler, mas teve de parar: não deu para continuar!

Quando eu pego um livro para ler, mesmo se não estou curtindo muito, me esforço para ir até o fim (esperança!). Foram poucos os que larguei pelo caminho. O Código Da Vinci, de Dan Brow foi um desses. Mas faz tantos anos, que nem saberia dizer exatamente porquê.

10. Ainda na wishlist…
Aproveite o momento para dar aquela dica do que quer ganhar!

Eu sou meio tímida com essa pergunta. Já até cogitei que que quando chegar o meu sonhado casamento, eu nem vou fazer lista! (mas amigas, irmã, cunhada já me convenceram do contrário, explicando que sou eu a decidir as cores das Tupperwares da minha cozinha, não minha vizinha que poderia me dar uma laranja e uma verde-limão etc rsrs).

Mas sem frescurinha, vamos lá! Estava olhando aqui meus livros, tantos que foram ganhados, e apesar de eu adorar poesia (ler e escrevê-las), acredita que nunca ganhei nenhum livro de poesia? Então, é essa a minha dica 🙂

Gente, chegamos ao final da Tag Ler é um presente! Adorei!

E quero indicar algumas pessoas a participarem. E caso não tenha sido indicado, pode responder à vontade também! 🙂

Andréa Campos, do Com licença, eu vou ler
Carolina, do Resenha de Ontem
Yasmim, do A Estante Amarela
Valnikson, do 1001 livros brasileiros para ler antes de morrer
Viviane, do Egocêntrico Caracol
Vanessa, do Bela e Livros
João Jesus e Luis Jesus, do Letras Aventureiras
Sabrina, do Vidas que vivi

Bjs, bjs
Alê.

 

[top 5] Os bichanos personagens mais queridos

Hi,people! Em vez em quando, me deparo com um bichano fofo e cheio de personalidade nos livros. Mais do que espaço e voz, eles ganham o coração. Como não se apaixonar? Apresento a vocês os meus 5 bichanos personagens mais queridos!

1. ASLAM, de Crônicas de Nárnia

O topo da lista não poderia ter um personagem mais digno. Vou considerá-lo aqui como “bichano” mas no coração ele é muito mais do que isso… é um verdadeiro Rei. Ele é amoroso, é sábio, é guia, é gentil, é poderoso. Quem não gostaria de se aconchegar naquela juba?

FB_20141108_10_53_42_Saved_Picture

“Em seu mundo eu tenho outro Nome. Devem aprender a me reconhecer nele”

2. RICHARD PARKER, de As Aventuras de Pi

O segundo personagem escolhido para essa lista também é um felino. Sem entrar no mérito se Richard Parker é real ou uma metáfora, ele inspira admiração. A cada página, vamos respeitando seu espaço, confiando em sua presença, gostando de sua companhia. Ele deu razão para Pi não desistir.

tumblr_n0hiurXIKv1tojt9go1_1280

“Richard Parker ficou comigo. Nunca o esqueci. Será que posso dizer que sinto saudade dele? Pois sinto. Sinto mesmo. Até hoje sonho com ele. Na maior parte das vezes, são pesadelos, mas pesadelos com um toquezinho de amor. Como é estranho o coração humano…”

3. SINGER, de O Guardião

Julie, que sofre a perda recente do marido, ganha de natal um presente bem especial: um filhote dinamarquês. Singer é protetor, desconfiado, amigo e bem bagunceiro. Ele tem um “sexto sentido” sobre os homens que se aproximam de sua dona. É o típico irmão mais velho ciumento, sabe? Os momentos finais do livros nos fazem querer pular na história para estar com Singer.

89894d5f7cc895f5d6dc24f642afa7f9

“Por um momento, o cão parou de ganir e olhou para ela, sustentando seu olhar. Então, começou a ganir de novo, embora dessa vez não tão assustado. – Singer. – sussurrou ela. – Acho que vou chamá-lo de Singer”.

4. BALEIA, de Vidas Secas 

Ah, cadela Baleia. Chorei ao ver Fabiano decidindo aliviar o sofrimento da cadelinha (causado por uma miserável fome!), já que não poderia aliviar sua própria dor e a de sua família. Quanta agonia no fim dessa fiel companheira. Por honra, merece destaque nessa lista.

Baleia

“Baleia queria dormir. Acordaria feliz, num mundo cheio de preás. E lamberia as mãos de Fabiano, um Fabiano enorme. As crianças se espojariam com ela, rolariam com ela num pátio enorme, num chiqueiro enorme. O mundo ficaria todo cheio de preás, gordos, enormes”.

 

5. MOUSCHI, de O Diário de Anne Frank

Esse morador peludo (e real) do Anexo é o gatinho de Peter (amigo e amor de Anne Frank), mas que acabou sendo “adotado” por todos do Anexo. Ele é carinhoso e bagunceiro. Ele expulsa os ratos e convida as pulgas. Mouschi é citado poucas vezes nos relatos de Anne Frank, e quando acontece, está aninhado em alguém ou aprontando algumas de suas artes. Mas eu posso imaginar sua importância na vida dos moradores do Anexo. Posso imaginá-lo sendo confidente. E por conseguir vê-lo trazer um pouco (ou até muito) conforto e alegria para todos ali, naquele ambiente de medo e apreensão, ele mais do que merece lugar nessa lista.
Ps.: A imagem abaixo é do livro Mouschi, o Gato de Anne Frank, do José Jorge Letria.

Mouschi1

“Margot e eu estamos fraternalmente unidas por Mouschi, que dorme estirado sobre nossos joelhos”.

 

E você?! Qual bichano gostaria de tirar dos livros e trazer direto para casa?!

Livros citados
Crônicas de Nárnia: C.S. Lewis
As Aventuras de Pi: Yann Martel
O Guardião: Nicholas Sparks
Vidas Secas: Graciliano Ramos
O Diário de Anne Frank: Otto H. Frank e Mirjam Pressler

—————————————————–

IMG_20160131_131329Alessandra Correa,  chegando aos 30, é apaixonada por sobrinhos, livros, Londres, música, séries e chocolate. Sempre com um livro em mãos, adora falar sobre aqueles que marcaram sua vida. E tem como paixão e dom transformar palavras em histórias e poesias, algumas divulgadas aqui: www.momentoempalavra.blogspot.com