Os primeiros de 2017

Hello guys and New Year!!!!

Depois de alguns meses cambaleando, bora lá tentar (outra vez) manter a frequência de postagens no Blog (não é promessa de começo de ano, ok?).

Bem, as últimas semanas foram típicas de fim de ano: encontrar pessoas, escolher presentes (depois de algumas idas aos shoppings lotados), participar de confraternizações, escrever cartõezinhos, arrumar guarda-roupa e tirar o que não usei durante o ano todo. Teve tempo também para orações e reflexões.

E claro, amigos secretos. No do trabalho, ganhei um Vale-Leitura, uma Havainas lindas (da Branca de Neve) e um cartão (quem me conhece sabe que se não tiver cartão ficarei chateada rsrs).

Sobre o vale, bem, confesso que não gosto de dar nem de receber, porque acho sem graça, impessoal. Presente de quem tava com pressa, e não quis pensar muito (ok, alguns dirão que é prático etc).

Mas nesse caso, perdoei: pela pessoa que me tirou (pois é alguém que gosto muito) e porque também achei super válido, porque assim pude escolher as primeiras leituras do ano. 🙂

img-20170106-wa0004

Olha aí os primeiros de 2017

A Ponte de Haven, de Francine Rivers. Ano passado um dos livros mais lindos que li foi Amor de Redenção, dessa autora. Então, eu escolhi essa outra história para ser o primeiro romance do ano. Estou com boas expectativas e espero voltar aqui para confirmar que o livro valeu a pena.

O obstinado amor de Deus, de Brennan Manning. Como esse post conta, Brennan tem um espaço especial no meu coração e no meu livreiro. Então, quando pensei em escolher um livro cristão, o autor foi o primeiro que me veio à cabeça. Antes mesmo de ler, sei que fiz uma boa escolha.

Segundo Eu me Chamo Antônio, de Pedro Gabriel. E para completar meu kit, um livro de poesia. Super curto as artes do Antônio Pedro, tenho o primeiro livro autografado, e a promessa de que ganharia o segundo. Acontece que o tempo passou, Pedro Gabriel já publicou seu 3º livro e está trabalhando no próximo, então, deixei para lá a promessa e eu me dei de presente o livro.

Viram que meu amigo secreto foi generoso né?

Não vejo a hora de iniciar minhas leituras! E quero muito saber a de vocês. Conte para nós!

Sobre 2016: muita gente fica se vangloriando de que leu 87 livros e tals, mas eu não tento entrar em ranking não. Até porque quando estou lendo, estou lendo, não tentando contar pontos. Mas como há muitos anos eu anoto todos os livros que leio (nome, autor, principais personagens, o que achei), então, acabo o ano com um número. Foram 27 neste ano. 2016 foi um ano importante também para o meu lado leitora porque criamos o Blog, o que me incentivou a fazer outras boas leituras e releituras. Tem post ainda atrasado, tem livro de 2016 comprado e ainda não lido (adiado para 2017), tem livro iniciado e não terminado. Faz parte.

Mais uma nota, agora sobre 2017:  eu tenho alguns rituais, um deles é fazer listinha para o ano novo. Com meus desejos, meus planos. Mas esse fim e começo de ano tem sido diferente. Estava meio angustiada, sem conseguir fazer nada. Ai, conversando com algumas pessoas, conversando com Deus, fui acalmando meu coração e para 2017 decidi não fazer nenhuma lista. Estou em paz. Este ano é DEle, e a palavra única é CONFIANÇA.

Bjs,
Alê.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Os primeiros de 2017

  1. Pingback: A Ponte de Haven, de Francine Rivers | Os Livros que Vivi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s