Simplesmente Acontece

Hi, people! O livro de hoje é Simplesmente Acontece, de Cecelia Ahern. Apesar de ter sofrido ao acompanhar a história de Rosie e Alex, gostei bastante.
Até porque na vida real também não existe nada fácil!

Ah, essas histórias que levam tempo para que os personagens tenham direito ao seu “felizes para sempre”. Definitivamente, elas acabam comigo! Fico angustiada, ansiosa, querendo logo chegar às páginas do encontro, do acerto, da reconciliação. E com aquele medinho de que existe a possibilidade de acontecer o pior: o final chegar e nada ter sido acertado!

Com Simplesmente Acontece, de Cecelia Ahern, o sofrimento foi assim. Mas posso dizer que apesar de ter demorado muito (mesmo!), graças a Deus no fim, tudo ficou bem.

O livro conta a história de Rosie e Alex, que são melhores amigos desde crianças, e ao chegarem a adolescência se vêem apaixonados. Mas nada poderia ser tão simples, né?

O que precisa ser dito, é calado. O que poderia ser vivido, é apenas imaginado.

Talvez tenha sido o medo de arriscar algo que já era tão valioso. Talvez se conhecessem tão bem que acharam que estivessem muito claro os sentimentos. A questão é que eles acabaram não compartilhando o que sentiam (gente, pelo amor, nunca deduza que o outro sabe o que você sente). Com isso, os maus entendidos se tornam inevitáveis. As imprevisibilidades acontecem. As mágoas surgem. E eles acabam seguindo caminhos opostos, separados. Inclusive, se relacionando com outras pessoas.

Mas apesar de tudo, eles se esforçam em manter a amizade, sendo ancoras, porto seguro, confidentes, referência de quem foram um dia e guia para o que estão se tornando.

Nem sei aonde quero chegar com este email, Alex, mas andei pensando em muitas coisas nos últimos tempos e minha cabeça está bastante confusa. A nossa vida é feita de tempo. Nossos dias são mensurados pelas horas, nosso salário é mensurado por essas horas, o nosso conhecimento é mensurado pelos anos. Agarramos uns minutinhos do nosso dia sempre ocupado pra fazer uma pausa pro café. Voltamos correndo pra nossa mesa de trabalho, olhamos pro relógio, vivemos em função dos compromissos. Mesmo assim, quando esse tempo enfim acaba, bem lá no fundo você se pergunta se esses segundos, minutos, horas, dias, semanas, meses, anos e décadas foram gastos da melhor maneira possível. Tudo está girando ao nosso redor — o emprego, a família, os amigos, o parceiro ou parceira… Tudo o que você sente é aquela vontade de gritar: “PARE!”, olhar à sua volta, reorganizar a ordem de algumas coisas e aí seguir adiante. Acho que provavelmente você entende o que estou dizendo. Sei que você está passando por uma fase muito difícil agora. Por favor, lembre-se de que estou aqui sempre que precisar.
Com carinho, Rosie

E uma vez ou outra, voltam a sentir aquelas cóceguinhas do “poderia ter sido diferente”. Quando isso acontece, eles até tentam resolver essa questão, mas nunca conseguem. E a vida vai acontecendo…

Gostei muito da história, porque não é apenas de como Rosie e Alex se afastaram do amor. Mas de como se afastaram de seus sonhos, de quem queriam ser. E é belo vê-los reconhecendo isso e tentando voltar para o caminho que os fará felizes.

E na vida também é assim. Nos perdemos. Nos distraímos. Nos desviamos. Somos surpreendidos com situações que não estão em nosso controle. Mas como costumo dizer, enquanto houver vida, há esperança! Ainda há tempo de retomar a história, viver o que queremos, correr atrás dos nosso sonhos e do amor, se for esse o caso.

Por que deixamos de acreditar em nós mesmos?
Por que permitimos que os acontecimentos ou os números
ou 
qualquer outra coisa além dos nossos sonhos governem a nossa vida?

SinopseOs-livros-que-vivi-Simplesmente-Acontece
O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas?

Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal.

Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos.

Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro.

Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

Ficha Técnica
Simplesmente Acontece
Autora: Cecelia Ahern
Ano: 2015
Editora: Novo Conceito
Pág: 448
ISBN: 9788581636696

>>>O livro tem uma forma bem interessante de contar a história. Por meio de bilhetinhos, cartas, torpedos, emails, vamos acompanhando a trajetória de Rosie e Alex. Gostei bastante! <<<

>>>O livro virou filme, e como sabemos, dificilmente o filme seguirá fielmente o livro. Nessa situação, eu fiquei feliz. Porque no livro o caminho para Rosie e Alex, finalmente, ficarem juntos, demorou muito, mas muito mais tempo. Deu até uma deprê!<<<

—————————————————–

IMG_20160131_131329Alessandra Correa,  chegando aos 30, é apaixonada por sobrinhos, livros, Londres, música, séries e chocolate. Sempre com um livro em mãos, adora falar sobre aqueles que marcaram sua vida. E tem como paixão e dom transformar palavras em histórias e poesias, algumas divulgadas aqui: www.momentoempalavra.blogspot.com

 

 

Anúncios

3 pensamentos sobre “Simplesmente Acontece

  1. Pingback: Apenas um Trecho #6 | Os Livros que Vivi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s