Como eu era antes de você

Hi, people! O post de hoje é sobre um livro que li atrasada, mas que bom que nem um spoiler chegou antes até mim! Espero que curtem!

2015. O Natal estava chegando e eu estava em busca desesperada por um livro para dar de presente para uma ex-gestora mas que virou amiga para sempre. Foi então que recebi como indicação o livro “Como eu era antes de você“, de Jojo Moyes.

Eu já tinha visto ele nas prateleiras da vida, e como quem me indicou é uma pessoa do bem, resolvi arriscar: livro comprado, embalado com carinho e enviado, acompanhado de uma cartinha.

Na cartinha, meio que pedi desculpas por não saber se o livro seria bom ou não. Confesso que estava receosa, pois dificilmente dou livro de presente que não tenha lido antes, ainda mais de uma autora que até então não conhecia.

Mas nesse caso, o risco valeu a pena. Minha amiga devorou o livro num único dia, e me mandou mensagem dizendo que estava arrasada emocionalmente, mas que tinha gostado muito da história. Claro, atiçou a leitora que vive em mim, e logo “Como eu era antes de você” estava também em minhas mãos.

Comecei a ler a história, sem pressa, sem grandes pretensões. Mas de cara já fiquei contente e otimista: não é que a história se passa num cenário inglês?

E naquele cenário, com um castelo ao fundo, numa cidadezinha sossegada que é agitada apenas nas temporadas turísticas, fui me encontrando.

O livro conta a história de Louisa, uma garota de 26 anos que está satisfeita com sua vida tranquila, sem grandes surpresas, aventuras ou desejos. Mas eu conheço bem essa satisfação: ela se torna pequena quando nos encontramos com o extraordinário!

E o extraordinário para Louisa acontece quando, após ficar desempregada e ter algumas tentativas fracassadas de novo emprego, é contratada para um que é imprevisível:  ser cuidadora de Will, um rapaz tetraplégico de 34 anos. Alguém que vai desafiá-la, e apresentar um mundo novo e cheio de beleza.

“Sentada ali, pensei em coisas que não passavam mais pela minha cabeça havia anos, fui invadida por velhas emoções; novas ideias e pensamentos surgiam como se minha percepção se ampliasse. Era quase excessivo, mas eu não queria que parasse. Queria ficar sentada ali para sempre. Dei uma olhada em Will. Ele estava enlevado, distraído. Virei-me para a frente, com um medo inesperado de estar observando-o. Temia o que ele pudesse estar sentindo, o tamanho da entrega, a extensão dos seus medos. A vida de Will Traynor era tão diferente da minha. Quem era eu para dizer como ele deveria viver?”

Wiil é rico, recebe os melhores cuidados e tratamentos, mas nada poderia lhe dar o que ele mais deseja: voltar a ter uma vida ativa e independente.

Para Wiil, a vida não tem mais cor, sabor, sentido, razão. Mas ao conhecer Louisa, ele também se depara com o extraordinário. Louisa irá contagiá-lo com seu alto astral, paciência e amizade. E nessa amizade, os dois vão encontrando razões para uma vida mais vivida, mais sentida, mais apaixonante.

“— Está se sentindo bem? — Olhei para a cadeira dele, com medo de estar esmagado ou preso em alguma parte, ou de eu ter feito alguma coisa errada. 
— Estou ótimo. É que…
Podia ver o colarinho claro da camisa em contraste com o terno escuro.
— Não quero entrar agora. Quero ficar sentado aqui e pensar que… — Engoliu em seco. Mesmo no escuro, pareceu fazer esforço. 
— Quero… ser apenas um homem que foi a um concerto com uma garota de vestido vermelho. Só por mais alguns minutos.
Larguei a maçaneta da porta.
— Claro.
Fechei os olhos, apoiei a cabeça no encosto da cadeira e ficamos ali mais um pouco, duas pessoas perdidas nas lembranças sonoras, meio ocultas à sombra de um castelo numa colina iluminada pela lua”.

A história é marcada por momentos simples, mas significativos. São risadas, conversas ao cair da noite, desabafos, segredos, boas surpresas. Vemos os dois buscando suprir a necessidade do outro, um buscando entender o outro. E vemos os dois correndo: um correndo contra o tempo e o outro correndo para o tempo.

Vai dar certo.  
Finalmente, virei-me de lado, de costas para o mar, e olhei para Will. Ele virou a cabeça para me olhar na luz fraca e eu senti que ele me dizia a mesma coisa. Vai dar certo.
Pela primeira vez na vida, tentei não pensar no futuro. Tentei apenas estar, simplesmente deixar as sensações da noite passarem por mim. Não sei quanto tempo ficamos assim, apenas olhando um para o outro”.

Nesse livro podemos ver que há coisas incontroláveis. E há decisões que não estão em nossas mãos. As pessoas que amamos são livres e elas poderão escolher outros caminhos, e alguns deles para longe de nós. Mas isso não significará que elas não nos amem. Nem significará que deixaremos de amá-las. Pelo contrário: provará o quanto nosso amor é forte por apoiá-las em suas escolhas.

Nessa história encontrei amor, esperança, renúncia, solidariedade, amizade, recomeço, novos caminhos. E encontrei lágrimas. As minhas!

Porque e é uma história muito, mas muito triste. Como eu era antes de você me fez chorar. E ao fechá-lo, fiquei por dias sofrendo, pensando em Louisa, pensando em Will, pensando em tantas pessoas estão vivendo de verdade essa história.

Eu quis muito mudar o rumo do livro. Mas não poderia. E isso me atingiu de cheio. Me fez pensar na minha própria história, se estou desfrutando a vida para valer, se estou buscando meus sonhos, se estou junto de quem realmente importa. Porque em um instante, tudo pode mudar.

Apenas Viva. Apenas viva bem!

Sinopse
Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. como-eu-era-antes-de-voceEla mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.

Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Ficha Técnica
Como eu Era antes de você
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Pág: 320
Ano: 2013
ISBN: 9788580573299

>>> Esse livro, que virou filme com estreia no Brasil prevista para Junho, tem também continuação, o livro “Depois de você“. Assim que ler, compartilharei aqui! <<<

Uma atualização em 20/06/2016:

Já assisti ao filme “Como eu era antes de você” e sai da sala do cinema de cara vermelha, olhos molhados e satisfeita. O filme foi bem fiel ao livro,  Emilia Clarke como Lou foi perfeita, Sam Claflin estava lindo, morri de saudade da Inglaterra, dei boas risadas… adorei! Quero ver de novo!!! (ps.: não me conformo com a decisão de Will).

—————————————————–

IMG_20160131_131329Alessandra Correa,  chegando aos 30, é apaixonada por sobrinhos, livros, Londres, música, séries e chocolate. Sempre com um livro em mãos, adora falar sobre aqueles que marcaram sua vida. E tem como paixão e dom transformar palavras em histórias e poesias, algumas divulgadas aqui: www.momentoempalavra.blogspot.com
Anúncios

10 pensamentos sobre “Como eu era antes de você

  1. Pingback: A Última Carta de Amor | Os Livros que Vivi

  2. Gostei desse tipo de resenha, quando usa trechos do livro para evidênciar um ponto de vista. Eu realmente queria ter esse olhar carinhoso e otimista pela história, mas não deu pra mim hehehe

    Curtido por 1 pessoa

  3. Pingback: Tag dos 50% – Melhores e Piores do 1º Semestre de 2016 | Os Livros que Vivi

  4. Pingback: Depois de você, de Jojo Moyers | Os Livros que Vivi

  5. Pingback: Apenas um Trecho #17 | Os Livros que Vivi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s